sexta-feira, 28 de agosto de 2015

PARA SALVAR MAIS, PRECISAMOS DE MAIS AJUDA!


O crescente número de animais vagando pelas ruas e rodovias faz aumentar também os atropelamentos e as ocorrências de ferimentos por brigas, acidentes e maus tratos, acarretando mais despesas médicas veterinárias como consultas, medicamentos, exames, radiografias, ultrassom, cirurgias, internações etc.

Em Cabreúva, não existe atendimento médico veterinário gratuito. A UCAPROF encaminha os animais para clínicas particulares e paga todas as despesas. Tudo é pago, com exceção de todos os membros da ONG, que são VOLUNTÁRIOS e não recebem um centavo sequer pelo valoroso trabalho que realizam.

Além dos atendimentos aos animais de rua, a UCAPROF mantém o Centro de Rossocialização Animal, onde cuida de animais sarnentos, mutilados, feridos, atropelados, doentes, desnutridos, abandonados e vítimas de maus tratos em geral, que foram resgatados das ruas e passaram ou estão passando por tratamento veterinário de longa duração e ou ficaram com sequelas, dificultando ainda mais encontrar pessoas que os adotem.  

A Prefeitura de Cabreúva repassa à UCAPROF R$5.505, 56 (cinco mil, quinhentos e cinco reais e cinquenta e seis centavos) por mês, mas o aumento da demanda e o alto valor das despesas fixas mensais que se aproxima de R$5.000,00 (cinco mil reais) limitam bastante a quantidade de atendimentos, pois sobra pouco mais de R$500,00 (quinhentos reais) por mês para pagar todos esses atendimentos. 

Há 15 anos, em Cabreúva e região, a UCAPROF vem realizando um trabalho extremamente importante nas áreas da saúde e proteção animal, atendendo a população e a Municipalidade. E para ajudar mais, está pedindo mais ajuda. 

Abaixo, os recibos de atendimentos aos animais abandonados socorridos pela ONG, pagos com cheques pré-datados. 







Nenhum comentário:

Postar um comentário