sexta-feira, 31 de outubro de 2014

UCAPROF socorre cão atropelado que invadiu escola

Resgate UCAPROF: EMEF  Profa. Jaira Batista Santana da Silva, 30/10/2014.

Na quinta, 30, a União Cabreuvana Protetora da Fauna e Flora (UCAPROF) socorreu um cachorro porte médio, sem raça definida, pelagem preta, que invadiu a EMEF Profª Jaira Batista Santana da Silva, bairro Jacaré, Cabreúva (SP), após ser atropelado, segundo informações de uma funcionária da escola.

O cachorro já é bastante conhecido no local, pois aparece todos os dias. Provavelmente, deve acompanhar seu dono até a escola. Porém, naquele momento, nenhum responsável foi localizado.

O animal ferido foi encaminhado à clínica veterinária Ruralvet, aos cuidados do Dr. Adriano Camargo De Felice.

O nosso amicão apresentava um abcesso na perna dianteira e está internado, em observação. Sua saúde inspira atenção. Tão logo se recupere, será esterilizado (castrado) para o controle populacional responsável e ético de animais, garantindo mais saúde e qualidade de vida para todos.


A UCAPROF esclarece que:

APENAS RESGATA animais doentes e feridos abandonados, de acordo com a disponibilidade de vagas e recursos;

NÃO RECOLHE filhotes de cães e gatos abandonados, pois não dispõe de recursos e local para abrigá-los adequadamente!

NÃO RECOLHE animais sadios das ruas nem de pessoas que querem, simplesmente, se livrar deles;

REPUDIA o abandono de animais!

PRATICA a proteção e defesa animal com Amor, Ética, Responsabilidade e Conhecimento!

Para saber mais sobre proteção animal responsável, leia o texto “Ativismo Animal”,  em http://www.anda.jor.br/06/11/2013/ativismo-animal.


segunda-feira, 27 de outubro de 2014

UCAPROF participa de audiência pela abolição de animais no ensino

Abertura da Audiência Pública contra o uso de animais no ensino. Foto de Tiziane Machado.

Na quinta, 23, os dirigentes da União Cabreuvana Protetora da Fauna e Flora (UCAPROF) representaram Cabreúva na Audiência Pública “Abolição do uso de animais no ensino - O despertar da consciência e da compaixão”, promovida pela Comissão de Proteção e Defesa Animal da OAB SP, no Salão Nobre, na Praça da Sé. 

O objetivo da audiência foi “fundamentar tecnicamente a dispensabilidade de cobaias vivas na formação acadêmica, expor a eficácia dos métodos substitutivos, apresentar os aspectos jurídicos e as etapas do projeto de lei que proíbe a vivissecção e os testes em animais em todos os cursos de graduação das universidades brasileiras e nos cursos de nível técnico”.

Na audiência, compareceram advogados, professores, biólogos, médicos, doutores em Bioética, veterinários, artistas, ativistas pelos direitos dos animais, e as ONGs de maior relevância no país.  

 Expositores:
DR. WILSON RICARDO LIGIERA
Advogado; Presidente da Comissão de Proteção e Defesa Animal da OAB SP; Especialista em Bioética pela Faculdade de Medicina da USP; Mestre e Doutor em Direito Civil pela USP.

DRA. MAÍRA PEREIRA VELEZ
Advogada e Vice-Presidente da Comissão de Proteção e Defesa Animal da OAB SP.

DR. FRANK ALARCÓN
Biólogo Molecular pela UNICAMP; Mestre em Física-Química pela USP; Doutor em Bioética pela Universidade Federal Fluminense; Coordenador da Atividades da Cruelty Free international no Brasil e Pesquisador do Governo Federal na Área de Inovação Tecnológica e Propriedade Industrial.

DRA. ODETE MIRANDA
Médica Cardiologista; Professora de Propedêutica da Clínica da Faculdade de Medicina do ABC; Ex-Coordenadora da Faculdade de Medicina do ABC, pioneira na Abolição do Uso de Animais no Curso de Medicina; Fundadora e Membro do Comitê de Ética em Experimentação.

DRA. LUCIANE ZILLMER XAVIER DE AQUINO
Advogada e Membro da Comissão de Proteção e Defesa Animal da OAB SP.

DR. FÁBIO FUTEMA
Professor de Técnica Cirúrgica e Anestesiologia da Universidade de Guarulhos e Doutor em Cirurgia - Área de Pesquisa em Anestesiologia pela FMVZ – USP.

DRA. SANDRA CALADO

Médica Veterinária e Presidente do ASSEAMA.