terça-feira, 29 de janeiro de 2013

UCAPROF SOCORRE CÃO DEVORADO POR LARVAS



Moradores do Bairro Vale Verde, Cabreúva (SP), ligaram para a União Cabreuvana Protetora da Fauna e Flora (UCAPROF) pedindo ajuda para um cachorro que estava sendo devorado pelas larvas (bicheira).
  Atendendo ao chamado da população, a UCAPROF socorreu o cachorro, com o apoio da Guarda Municipal e da Defesa Civil.
O cãozinho foi encaminhado para o Dr. Adriano Camargo de Felice (Clinica Veterinário Rural-Vet), onde permanece internado para tratamento e cicatrização das feridas causadas pelas larvas.
Há quase 13 anos, a União Cabreuvana Protetora da Fauna e Flora (UCAPROF) vem atendendo a população no que se refere ao resgate e assistência veterinária aos animais doentes, feridos, atropelados ou vítimas de crueldades, abuso ou maus-tratos, abandonados nas vias públicas ou em imóveis inabitados ou animais tutelados por pessoas de baixa renda, provendo tratamento veterinário, esterilização, medicamentos e ração, de acordo com a disponibilidade de vagas e recursos. 

domingo, 27 de janeiro de 2013

UCAPROF socorre mais um cãozinho atropelado no Pinhal


Dois cães foram atropelados ao mesmo tempo, mas um morreu na hora.







Atendendo ao chamado da população — o que vem acontecendo há mais de 12 anos —, a União Cabreuvana Protetora da Fauna e Flora (UCAPROF) socorreu um cãozinho atropelado no Bairro Pinhal, na Via Francisco Botti, nas proximidades da empresa Nakayone, Cabreúva (SP), no final da tarde da quarta-feira, 23/01.
O resgate contou com o apoio da Guarda Municipal e da Defesa Civil. O cãozinho, que sofreu uma forte pancada na cabeça e entrou em estado de choque, foi encaminhado ao  Dr. Adriano Camargo de Felice (Clinica Veterinária Rural-Vet), médico veterinário que trata dos animais socorridos pela UCAPROF, e passa bem. 

UCAPROF começa o ano com resgates impressionantes

Foto 1: atropelamento
Foto 2: bicheira













A União Cabreuvana Protetora da Fauna e Flora (UCAPROF), Cabreúva (SP), inicia 2013 com a continuidade dos atendimentos aos animais, cães e gatos, enfermos e abandonados, com sarna, mutilações, ferimentos, lesões por atropelamento, desnutrição, infecções, bernes, bicheiras, depressão (etc), e vítimas de maus tratos em geral.
Os resgates são realizados em operações em conjunto com o médico veterinário Dr. Adriano Camargo de Felice (da Clinica Veterinária Rural-Vet), com a Defesa Civil, Vigilância Sanitária, Guarda Municipal e a Polícia Militar (quando necessário). A maioria dos casos é de abandono, atropelamento (foto 1), bernes e bicheiras (foto 2).
Nas bicheiras (animal da foto), as moscas atraídas por feridas abertas depositam dezenas de ovos diretamente sobre o animal. As larvas eclodem e se instalam na ferida, começando a se alimentar do tecido vivo, devorando o que houver pela frente, até sobrar apenas osso. Não há limite para a penetração das larvas e o animal que não for tratado pode morrer.  
A cura do animal é obtida pela retirada das larvas e tratamento das feridas causadas pelas perdas de tecido vivo, com procedimentos que só devem ser feitos por médicos veterinários ou técnicos de veterinária experientes.